Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Vacinas contra Covid-19 Ministério da Saúde destina 20% das doses para estados vacinarem bancários e trabalhadores dos correios

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
15/07/2021 - 11:36

     

         Ontem, 14, o Ministério da Saúde publicou Nota Técnica estabelecendo a destinação de 20% (vinte por cento) do total de doses das vacinas distribuídas para os estados aos bancários e trabalhadores dos correios. Essa inclusão dos bancários havia sido anunciada pelo Ministro da Saúde aos dirigentes sindicais representantes da nossa categoria no último dia 06 de julho, em atendimento à árdua luta das entidades representativas dos empregados do setor financeiro.

         No Vigésimo Oitavo Informe Técnico do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 o Ministério da Saúde afirma que a Campanha nacional tem nesta Etapa 149.913.970 milhões de doses distribuídas: 54.075.976 Sinovac/Butantan; 74.946.370 AstraZeneca/Fiocruz; 16.355.644 Pfizer/Comirnaty e 4.535.980 Janssen (Johnson & Johnson. E que 83.284.954 milhões de brasileiros tinham alcançado às vacinas COVID-19. Também informa que haverá a distribuição de mais 4 milhões de doses de ASTRAZENECA e de 5,4 milhões de seringas.

 

Bancários devem intensificar cobrança

aos políticos regionais

             Agora, com a publicação da norma do Ministério da Saúde, o Sindicato estará cobrando dos governos estadual e municipais a implementação urgente das normas emanadas do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, para que os bancários sejam vacinados imediatamente.

            “Importante que os bancários continuem irmanados às ações da nossa entidade sindical e cobrem dos políticos regionais, principalmente dos prefeitos e vereadores que receberam seus votos no pleito eleitoral, para cumprirem imediatamente a decisão ministerial de vacinação dos bancários. Também solicitamos manter o Sindicato informado sobre a vacinação em cada município, conclama Sergio Luiz da Costa, presidente do Sindicato dos Bancários de Goiás e da Federação dos Bancários de Goiás e Tocantins.

Ministério da Saúde destaca:

    “ATENÇÃO: Início do Esquema Vacinal (D1): Nesta pauta fica orientada a disponibilização de 20% do total de doses distribuídas à cada Unidade Federada (Anexo I) aos Bancários e Trabalhadores dos Correios. A distribuição de doses no País segue critério proporcional. ATENÇÃO: As reuniões técnicas tripartite tem periodicidade semanal para discussão e definição da ESTRATÉGIA a ser adotada a CADA NOVA PAUTA, primando pela garantia da segurança do cumprimento do esquema vacinal e da melhor oferta de vacina ao País, no declarado momento de pandemia.”





 

 

 

 

 

Clique aqui e veja Sindicato em Ação

Informe técnico - Ministério da Saúde


Tópicos:
visualizações