Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Caixa: Agência de Rubiataba em péssimas condições de funcionamento

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
19/03/2014 - 09:32
caixa-rubiataba-2-copa-0130112.JPG

           

         Equipes do Sindicato estão visitando os bancários lotados nas agências do interior do estado, objetivando levar informações e receber demandas de interesse dos empregados das instituições financeiras.

         Em visita a agência da Caixa Econômica Federal da cidade de Rubiataba(GO), verificou-se que a unidade continua com sua decepcionante condição física. O prédio não está adequado para funcionamento de estabelecimento bancário e a aparência da fachada nos remete a pensar de que não seja uma autêntica agência da CEF.

         Para se ter uma idéia da precariedade das instalações, há somente um banheiro para atender empregados, clientes e usuários, único para uso masculino e feminino. E pior, a pia é instalada no próprio banheiro (foto). O tanque em cimento rústico está funcionando como pia na copa, onde a contaminação pode ser iminente (foto).

         É de conhecimento de todos que ambientes de trabalho inadequados são responsáveis pelo acometimento de doenças e constitui em flagrante desrespeito aos empregados, clientes e usuários do sistema financeiro. É inadmissível que uma instituição como a Caixa Econômica Federal funcione em instalações tão precárias, manchando inclusive a própria imagem da instituição financeira.

         O Sindicato dos Bancários oficiou à SR Norte da Caixa Econômica Federal sobre as más condições em que se encontra a agência de Rubiataba e cobrando providências urgentes no sentido de garantir melhores condições de trabalho aos empregados e de atendimento aos clientes e usuários dessa conceituada instituição financeira.

Visualize o informativo
sindacao-marco-18-caixa-7621512.pdf
Tópicos:
visualizações