Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Roubo a caixas eletrônicos em Samambaia fecha dois terminais do Metrô-DF

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
04/09/2015 - 08:40

Grupo armado rendeu vigilantes e explodiu caixas eletrônicos. Companhia informa que menos trens estão circulando hoje, após pane na estação Arniqueiras ontem

 

Um arrombamento de caixas eletrônicos no último terminal da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) em Samambaia fez com que duas estações fossem desativadas no começo da manhã desta sexta-feira (4/9). Segundo a Polícia Militar, ao menos três homens armados renderam os vigilantes, por volta de 4h, para explodir os terminais. Policiais do esquadrão antibomba do Batalhão Operacional de Policias Especiais (Bope) isolaram a área. Até que a perícia fosse realizada, as estações Samambaia e Samambaia Sul ficaram sem funcionar. Por volta das 7h, a estação Samambaia Sul voltou a operar.

De acordo com a PM, os assaltantes conseguiram entrar na estação após arrombar um portão lateral que dá acesso aos trilhos. Eles renderam dois vigilantes que estavam de plantão e tomaram as armas deles. As vítimas foram amarradas e colocadas em uma sala. Em seguida, os bandidos usaram bombas para explodir os caixas e depois fugiram. Ninguém foi preso e não se sabe se o grupo conseguiu levar o dinheiro.

Até por volta das 6h30, o esquadrão antibomba fazia uma vistoria no local, para verificar a existência de bombas. Para que o procedimento fosse realizado, eles solicitaram ao Metrô-DF que desenergizasse os trilhos entre as estações. Os passageiros que as utilizam foram orientados a seguir para estação Furnas, de onde os trens passaram a partir, temporariamente, em direção à estação Central, na Rodoviária do Plano Piloto.


O Metrô-DF também ressalta que seis trens estão sem funcionar nesta manhã, por conta da pane ocorrida nessa quinta-feira (3/9), na altura da estação Arniqueiras, em Águas Claras. Apenas 19 composições operam hoje, o que deve aumentar o intervalo entre um trem e outro, além de filas, principalmente para comprar a passagem.

Pane e confusão
O assalto em Samambaia ocorreu menos de 12 horas antes de a companhia enfrentar uma pane que provocou confusão na noite de ontem. O sistema foi desenergizado por volta das 17h30 e só voltou a funcionar depois das 20h. Um dos trens seguia rumo à estação Arniqueiras quando apresentou uma falha no sistema pneumático, equipamento responsável pelo funcionamento das portas e do freio dos carros. Passageiros ficaram dentro dos vagões sem luz. Muitos começaram a passar mal e pularam para os trilhos. Ao todo, seis pessoas ficaram feridas.

 

Fonte: Correio Braziliense

 

Tópicos:
visualizações