Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Ranking: Brasil cai em autonomia do consumidor

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
14/10/2014 - 08:56

Brasília - Entre os membros do G20, o Brasil fica na 14ª posição no ranking que mede a autonomia dos consumidores no mercado de energia elétrica. Em um ano, o País caiu uma colocação e foi superado pela Índia, no levantamento feito pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel). O Ranking Internacional de Liberdade no Setor Elétrico tenta identificar os países em que mais se garante ao consumidor liberdade contratar a empresa que melhor lhe atender, segundo seus próprios critérios, seja preço ou qualidade do serviço.

“Existe uma tendência mundial de acabar com o monopólio no setor elétrico”, disse Reginaldo Medeiros, presidente da instituição. “A cada ano que passa, os países se adaptam seguindo essa tendência. Já o Brasil simplesmente não toma nenhuma medida nesse sentido. Está estacionado e sendo ultrapassado anualmente nesse ranking.” No ano passado, o País também perdeu lugar para o Japão, que começou a flexibilizar regras, permitindo que mais consumidores pudessem contratar sua energia sem depender de uma única empresa.

No modelo brasileiro, cabe à distribuidora de cada região do país quantificar e comprar a energia necessária para atender todos os seus clientes, firmando contratos com diferentes usinas e empresas comercializadoras.

Fonte: Jornal O Popular

Tópicos:
visualizações