Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

PIS-Pasep: R$ 43 milhões estão à espera de trabalhadores em bancos

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
28/02/2013 - 10:32

Mais de 64 mil goianos ainda não sacaram o abono salarial relativo a 2011. Dinheiro está na Caixa e no BB

Cerca de R$ 43 milhões estão à disposição de trabalhadores goianos na Caixa Econômica Federal (CEF) e Banco do Brasil (BB). Mais de 64 mil trabalhadores cadastrados no Programa de Integração Social (PIS) e no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) não resgataram seus benefícios referentes ao abono salarial exercício 2011, equivalente a um salário mínimo, em Goiás.

O abono salarial, cujo valor é de R$ 678, é pago anualmente aos trabalhadores cadastrados no PIS e no Pasep, há pelo menos cinco anos, que trabalharam com vínculo empregatício por, pelo menos, 30 dias em 2011 e que receberam até dois salários por mês.

Perde o direito quem não sacar o dinheiro até dia 28 de junho. Para tanto, é necessário ter tido a relação empregatícia informada corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais/2011).

O abono salarial não é cumulativo. Quem não sacar até junho só receberá posteriormente o valor correspondente em 2012, que começa a ser pago em agosto. Os recursos que não são sacados pelos trabalhadores voltam ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), e são aplicados em programas que beneficiam a categoria.

 

Como sacar

Quem quiser saber se tem abono para receber pode ligar para o número 0800 7260101, da Caixa Econômica Federal, ou para 0800 7290722, do Banco do Brasil ou pessoalmente no anexo da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego localizado na Rua Doutor Olinto Manso Pereira esquina com Avenida Cora Coralina, no Setor Sul, em Goiânia.

Os saques podem ser feitos na Caixa e no Banco do Brasil mediante apresentação da carteira de trabalho. No caso do PIS, o valor pode ser recebido também nas casas lotéricas, com o uso do Cartão do Cidadão, da Caixa Econômica Federal.

Correspondência

O superintendente regional do Trabalho e Emprego em Goiás, Arquivaldo Bites Leão Leite, alerta aos trabalhadores do interior do Estado para buscarem esse benefício. “Falta conhecimento desses trabalhadores”, diz.

Como forma de informar os trabalhadores que não resgastaram o abono salarial, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) já começou a avisar por correspondência os mais de 64 mil trabalhadores goianos. Para que o aviso surta efeito, é importante que o trabalhador mantenha atualizado o endereço na empresa na qual trabalha.

Fundo

Já os trabalhadores que estavam cadastrados em um dos dois programas até 1988 e que ganham acima de dois salários mínimos recebem anualmente, em agosto, apenas os juros da sua conta no PIS/Pasep, cujo fundo deixou de existir depois da promulgação da Constituição Federal.

O dinheiro gerado por esses juros só será sacado pelo trabalhador quando ele se casar ou se aposentar ou ainda se requerer o recebimento por sofrer de doença grave.

Fonte: Jornal O Popular


Tópicos:
visualizações