Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Mais de 240 planos de saúde estão suspensos por agência reguladora

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
20/08/2013 - 11:19

As informações fazem parte do novo ciclo de monitoramento das operadoras de planos de saúde

Nesta terça-feira (20), foi anunciado que mais 212 planos de saúde foram suspensos no País de 21 operadoras e não poderão ser vendido para mais pessoas.  A informação foi passada pelo diretor-presidente da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), André Longo.  A lista ainda não foi divulgada pelo órgão.

Do total de suspensão, 212 são novos e atendem 4,7 milhões de usuários, outros 34 já tiveram a suas vendas interrompidas e permanecem, totalizando 246.

O ministro da saúde, Alexandre Padilha, afirmou que a divulgação dos dados mostra que as reclamações dos cidadãos estão sendo levadas em consideração.

Ao todo, foram registradas 553 queixas contra operadoras, mas alguns eram conflitos pontuais e não resultaram em interrupção. Padilha reforçou que a principal consequência da medida é a suspensão das vendas.

— Esses planos de saúde não podem vender para mais pessoas, enquanto não atender de forma adequada.  

As informações fazem parte do novo ciclo de monitoramento das operadoras de planos de saúde. De acordo com Longo, a ANS tem intensificado suas fiscalizações e trimestralmente os planos estão passando por avaliações.

Para essa suspensão, a negativa na cobertura de certos procedimentos, prazos de atendimento e negativas de reembolso foram observadas.

— É uma medida cautelar no sentido de proteger os beneficiários.

Ainda segundo a ANS, os planos de saúde arrecadaram, em 2012, R$ 93 bilhões. Atualmente, 1.513 operadoras atuam no Brasil.

Fonte: R7


Tópicos:
visualizações