Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Itaú recolherá agenda que cita 'revolução' de 64

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
21/02/2014 - 12:12

O Banco Itaú anunciou ontem que vai recolher as agendas 2014 da instituição que anunciam o dia 31 de março como "aniversário da Revolução de 1964".

Segundo o banco, as agendas com a frase já começaram a ser retiradas das agências.

A revelação de que o Itaú distribuiu a clientes agendas que promoviam "o aniversário da revolução de 1964" foi feita pelo jornalista Mário Magalhães, na semana passada, em seu blog no portal UOL.

A agenda provocou polêmica nas redes sociais ao classificar o golpe de Estado que depôs o presidente João Goulart como revolução, termo comumente usado por militares e apoiadores da conspiração, à época e ainda hoje, para defender o golpe que implementou uma ditadura que duraria 21 anos.

A inclusão da frase, segundo o banco, foi equivocada.

"Em nada reflete o DNA e as crenças do Itaú Unibanco", disse a instituição em nota. "Lamentamos o desconforto causado.

Somos uma instituição financeira que respeita a diversidade de pensamentos e ideias e a democracia."

Fonte: Folha.com


Tópicos:
visualizações