Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Inflação do aluguel tem alta menor na primeira prévia de março, diz FGV

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
08/03/2013 - 10:01

IGP-M variou 0,15%, sobre 0,41% no mesmo período de fevereiro. Inflação no atacado, com maior peso no índice geral, ficou estável.

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 0,15%, na primeira prévia de março, uma alta menor de 0,41% registrada no mesmo período do mês anterior, divulgou nesta sexta-feira (8) a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A primeira prévia de março compreendeu o intervalo entre os dias 21 e 28 do mês de fevereiro.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) – que mede a inflação no atacado e tem peso de 60% no indicador geral – ficou estável no período. Na primeira prévia de fevereiro, ficara em 0,37%.

Também utilizado no cálculo do IGP-M, mas com peso menor, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), conhecido como inflação no varejo, apresentou, no primeiro decêndio de março, taxa de variação de 0,53%. No mesmo período do mês anterior, a taxa foi de 0,20%.

Nesse caso, 4 das 8 classes de despesa componentes do índice apresentaram alta nas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo habitação (-1,45% para 0,20%). A FGV destaca o comportamento da tarifa de eletricidade residencial, que teve a taxa alterada de -12,80% para -2,19%.

Com peso menor no cálculo do indicador, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) registrou, no primeiro decêndio de março, taxa de 0,27%, desaceleração sobre a taxa de 1,15% no mesmo período de fevereiro.

O índice que representa o custo da mão de obra variou 0,12%, sobre 1,39% no período anterior.

Fonte: G1


Tópicos:
visualizações