Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Governo do Distrito Federal indica novo presidente para o BRB

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
12/12/2012 - 13:52

O Governo do Distrito Federal desistiu da nomeação de Abdon Henrique de Araújo a presidência do Banco de Brasília - BRB. Depois de muita polêmica com a indicação daquele nome, nesta quarta-feira (12/12), o governador Agnelo Queiroz encaminhou à Câmara Legislativa mensagem indicando Paulo Roberto Evangelista de Lima para a presidência do Banco de Brasília (BRB). Paulo Roberto foi servidor de carreira do Banco do Brasil, onde trabalhou por 34 anos. Era diretor de Gestão de Riscos do Banco do Brasil até o início de 2012, quando se desligou da instituição.

A indicação de Paulo Roberto para a presidência do BRB resgata o perfil técnico de gerenciamento para a instituição. Paulo Roberto, 55 anos, nasceu em Goiás e reside em Brasília desde 1999.

Segundo nota do governo, "A missão do futuro presidente do BRB será tornar o banco mais competitivo, valorizando os servidores e garantindo a sustentabilidade da instituição". Veja a nota oficial completa logo abaixo:

"NOTA OFICIAL

Dentro do constante processo de aperfeiçoamento da gestão pública, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, encaminhou a nomeação de Abdon Henrique de Araújo para a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural. E encaminhou à Câmara Legislativa mensagem indicando Paulo Roberto Evangelista de Lima para a presidência do Banco de Brasília (BRB). Paulo Roberto foi servidor de carreira do Banco do Brasil, onde trabalhou por 34 anos. Era diretor de Gestão de Riscos do Banco do Brasil até o início de 2012, quando se desligou da instituição.

A indicação de Paulo Roberto para a presidência do BRB resgata o perfil técnico de gerenciamento para a instituição. Paulo Roberto, 55 anos, nasceu em Goiás e reside em Brasília desde 1999.

O BRB vem alcançando resultados positivos, mas o governador repassa a missão de melhoria na eficiência de atendimento aos clientes. A missão do futuro presidente do BRB será tornar o banco mais competitivo, valorizando os servidores e garantindo a sustentabilidade da instituição. A missão maior é o compromisso com o desenvolvimento econômico do DF, ampliando a participação no mercado local e da rede de atendimento. Também fomentar a indústria, comércio e microempresas, investir em modernização tecnológica e aproximar ainda mais a comunidade de seu banco local.

Fonte: Contec


Tópicos:
visualizações