Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Financiamentos do BNDES para energia eólica somaram R$ 6,6 bilhões em 2014

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
16/01/2015 - 09:37

Em dezembro, de acordo com a assessoria de imprensa do banco, foram aprovados empréstimos de R$ 1,7 bilhão para 22 parques eólicos

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou R$ 6,6 bilhões para projetos de geração de energia eólica (dos ventos) em 2014, correspondendo a 2.585,8 megawatts (MW) de potência instalada. Em relação ao total aprovado em 2013 (R$ 3,6 bilhões), o aumento alcançou 83,3%.

Em dezembro, de acordo com a assessoria de imprensa do banco, foram aprovados empréstimos de R$ 1,7 bilhão para 22 parques eólicos. Com capacidade de 590,4 MW, os parques estão localizados nos estados de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul. A previsão para que os projetos entrem em operação é primeiro semestre deste ano, conforme balanço divulgado hoje (15) pelo BNDES.

Segundo a instituição, as aprovações registradas em 2014 contribuíram “para colocar o Brasil entre os cinco maiores investidores globais, tanto em energia eólica quanto em energia renovável”.

Desde 2003, o apoio do BNDES à geração eólica soma R$ 20 bilhões, equivalentes a 7.287,8 MW. Conforme a assessoria, as energias renováveis participam com cerca de 80% da matriz elétrica brasileira, superando à média internacional, que é 20%.

 

Fonte: Correio Braziliense

Tópicos:
visualizações