Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Crédito: Famílias evitam novas dívidas

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
25/06/2014 - 09:58

As condições menos favoráveis ao crédito têm desestimulado as famílias a contratarem novas dívidas, o que levou a uma queda no nível de endividamento em junho, informou ontem a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A fatia das famílias com contas a pagar recuou a 62,5% neste mês, de 62,7% em maio. Em junho do ano passado, o nível do endividamento também havia sido maior, de 63%. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic).

A moderação nos gastos é puxada principalmente pelos consumidores com renda mensal inferior a dez salários mínimos, que estão reduzindo seu endividamento. As famílias com rendimento superior, por sua vez, seguem ampliando suas dívidas

Segundo a economista Marianne Hanson, da CNC, juros mais elevados, prazo mais curto e renda crescendo menos desmotivam a contratação de crédito e de novas dívidas pelas famílias. Essa redução na demanda acaba se refletindo também em desaceleração do consumo.

Fonte: Jornal O Popular

Tópicos:
visualizações