Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

Crediário: Juros ao consumidor voltam a aumentar

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
11/11/2014 - 09:26

São Paulo - Após uma breve trégua em setembro, as taxas de juros cobradas dos consumidores voltaram a subir em outubro, de acordo com pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) divulgada ontem. Em outubro, os juros médios nas operações de crédito para pessoa física foram de 6,08% ao mês (ou 103,05% ao ano), contra 6,06% mensais (ou 102,59% ao ano) em setembro.

Setembro foi o mês que marcou a primeira queda das taxas de juros ao consumidor após 15 altas consecutivas, refletindo a interrupção, por parte do Banco Central, do ciclo de aumento da taxa básica de juros, a Selic, até então.

Em sua última reunião, nos dias 28 e 29 de outubro, o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, anunciou a retomada do ciclo de aperto monetário, após elevar a Selic em 0,25 ponto percentual, a 11,25% ao ano.

Apesar disso, a alta de outubro ainda não reflete essa elevação da taxa, de acordo com a Anefac. Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor da associação, diz que o impacto dessa alta deve começar a ser sentido nos próximos meses.

Em outubro, cinco das seis linhas de crédito pesquisadas tiveram seus juros elevados: comércio, cheque especial, veículos, empréstimo pessoal de financeiras e empréstimo pessoal de bancos.

Fonte: Jornal O Popular

Tópicos:
visualizações