Atenção! Você está utilizando um navegador muito antigo e muitos dos recursos deste site não irão funcionar corretamente.
Atualize para uma versão mais recente. Recomendamos o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.

Notícias

ASSÉDIO MORAL: Sindicato combate prática criminosa

Facebook
Twitter
Google+
LinkedIn
Pinterest
Enviar por E-mail Imprimir
14/03/2013 - 14:54
ultimas-1-2013-alta-2-431900.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Sindicato dos Bancários de Goiás continua atento no combate ao assédio moral no meio bancário. Alguns gestores insistem nessa prática abusiva com resultados nefastos para o dia a dia do bancário, interferindo diretamente na sua saúde e trazendo sérios problemas como depressão, LER/DORT e outras doenças ocupacionais.

Os atos mais comuns observados são a cobrança exagerada pelo atingimento de metas e tratamento desumano dispensado ao subordinado. A prática vem ocorrendo tanto por parte do gestor como de chefes intermediários assediando seus próprios companheiros. Nesse sentido, o Sindicato faz um apelo para que não entrem no jogo do banco de repassar as pressões que recebem aos demais bancários.

No seu monitoramento, o Sindicato dá especial atenção às agências que recebem denúncia contra esse crime.

 Sempre que necessário, o Sindicato busca o diálogo, convocando a pessoa denunciada para mostrar as consequências de seus atos. Não resolvendo, a entidade procura a administração geral da instituição e o passo seguinte é a denúncia formal, por meio de representação ao Ministério Público e até medidas judiciais para que a pessoa assediadora responda criminalmente e a empresa, civilmente.


Click no arquivo abaixo e veja o informativo 'Últimas' completo:

ultimas-1-2013-alta-1271037.pdf
Tópicos:
visualizações